Catolé do Rocha, 17, Dezembro/2017

Esportes


Rueda lamenta derrota e não garante Muralha contra o Junior

O Flamengo dominou o Santos na Ilha do Governador, neste domingo, pela 37ª rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro saiu na frente, mas uma falha bisonha do goleiro Muralha permitiu o empate logo na sequência. No segundo tempo, em chute defensável de Arthur Gomes, o goleiro voltou a falhar e o Santos virou o jogo, que terminou 2 a 1.

Uma vitória em casa contra o Santos garantiria o Flamengo, pelo menos, na primeira fase da Libertadores de 2018. Agora a equipe, que está em sexto lugar e pode ser ultrapassada pelo Botafogo, que joga nesta segunda, chegará na última rodada precisando de resultado contra o Vitória, em Salvador, para se garantir na competição.

Em sua entrevista coletiva após o jogo, o técnico Reinaldo Rueda comentou sobre a situação. “Falamos com o grupo sobre a importância deste jogo. Para irmos tranquilos para Barranquilla. Começamos ganhando o jogo, mas tivemos essas situações,” disse ele.

“É um momento difícil. Perdemos um jogo importante. Sabia que hoje era vital somar pela posição na tabela e os rivais que temos perto. Cometemos erros que custaram o placar. Creio que é assumir responsabilidades e saber que temos 72 horas para reagir. Tem que manter o equilíbrio e saber que erramos, recompor o caminho,” completou.

Enquanto seus adversários pela vaga na Libertadores terão a semana para descansar e treinar para a última rodada do Brasileirão, no próximo domingo, o Flamengo viaja para a Colômbia, onde na quinta-feira enfrentará o Junior Barranquilla na segunda partida da semifinal da Sul-Americana. Na ida, vitória por 2 a 1 no Maracanã.

Após os erros de Muralha, o treinador já começa a semana com um problema: manter ou não o atleta no time titular. Com Diego Alves se recuperando de cirurgia na clavícula, a opção de Rueda seria escalar o jovem César, cria das divisões de base do clube, menos experiente do que Muralha.

“Depois do jogo, dos erros e do placar adverso. Alex já tinha passado o jogo anterior. Tenho que pensar bem esses dias e tomar a melhor decisão para todos. Não posso assegurar nada. Temos que trabalhar esses dias, segunda, terça e quarta. Para tomar a decisão sobre quinta. Falar com todo grupo e tomar uma decisão,” afirmou o colombiano.

Gazeta Esportiva

« Voltar